Navio chinês conclui pesquisa em montanhas submarinas no Pacífico

O veículo explorador coletou mais de 800 amostras biológicas, incluindo corais, esponjas e mariscos, e fotografou “jardins submarinos” que lá vivem

O Kexue (Science), navio de pesquisa chinês, concluiu a sua missão de pesquisa nas montanhas submarinas no Oceano Pacífico ocidental nesse final de semana e já iniciou a sua viagem de volta à China. Durante a expedição, o Discovery, veículo operado remotamente, realizou 19 mergulhos e coletou mais de 800 amostras biológicas, incluindo corais, esponjas, camarões e mariscos.

“Há cerca de 250 espécies nessas amostras, respondendo por todos os espécimes que tínhamos coletado nas duas expedições realizadas nos dois últimos anos”, apontou Xu Kuidong, cientista-chefe a bordo do navio e pesquisador da Academia Chinesa de Ciências (ACC). Segundo ele, as amostras ajudarão os cientistas na pesquisa da diversidade biológica, dos ecossistemas e da biologia das montanhas submarinas.

O Discovery também fotografou alguns “jardins submarinos”, compostos por corais coloridos, esponjas e ouriços-do-mar, que estão nessas montanhas e que raramente são vistos na zona tropical do Oceano Pacífico ocidental. O Kexue deverá zarpar na cidade de Xiamen, na província de Fujian da China, no dia 23 de junho.

Comentários

Todos os campos abaixo são obrigatórios. Seu e-mail não será publicado.