Nave de carga da China se acopla à estação espacial

Tianzhou-4 transporta suprimentos para três astronautas, peças para manutenção da estação e equipamentos de pesquisa

Créditos: Xinhua/Guo Zhongzheng

A nave espacial de carga da China Tianzhou-4, transportando suprimentos para a próxima missão tripulada Shenzhou-14, se acoplou com sucesso à combinação do módulo central Tianhe da estação espacial e da nave de carga Tianzhou-3 nesta terça-feira, informou a Agência Espacial Tripulada da China (CMSA).

O foguete Longa Marcha-7 Y5, carregando a Tianzhou-4, decolou do Centro de Lançamentos Espaciais de Wenchang, na Província de Hainan, no sul do país. Após cerca de 10 minutos, a nave se separou do foguete e entrou em sua órbita designada.

Como os voos de carga anteriores, a Tianzhou-4 transporta principalmente três categorias de materiais, incluindo suprimentos de seis meses para os três astronautas da missão Shenzhou-14, peças de reposição para manutenção da estação espacial e equipamentos de pesquisa e materiais de amostra.

Comentários

Todos os campos abaixo são obrigatórios. Seu e-mail não será publicado.