Museu do Palácio da China anuncia adoção de tecnologia de realidade virtual

Interessados poderão visualizar exposições em 3D sem sair de casa

O Museu do Palácio da China, também conhecido como Cidade Proibida, agora pode ser experimentado por pessoas que vivem a milhares de quilômetros de distância, graças à adoção da tecnologia de realidade virtual (RV).

A novidade foi anunciada nesta semana, durante a Conferência Mundial 2020 da Indústria RV. Usando óculos especiais, os visitantes puderam assistir a imagens vívidas em 3D das relíquias culturais e o processo de construção dos prédios antigos na Cidade Proibida.

“Como o Museu do Palácio tem se comprometido com a pesquisa de tecnologias avançadas e a exibição de seu patrimônio cultural, é nossa missão construir um museu que atenda às necessidades da época”, disse Wang Yuegong, vice-curador do local.

Comentários

Todos os campos abaixo são obrigatórios. Seu e-mail não será publicado.