Montadora chinesa Geely entra no mercado da União Europeia

Carro elétrico de categoria premium será vendido em três países a partir de 2023

Attila Volgyi/Xinhua

A montadora chinesa Geely Auto Group entrou no mercado da União Europeia (UE) assinando um acordo com a Grand Automotive Central Europe (GACE), importadora de automóveis húngara, em Budapeste, na última semana. O acordo foi assinado por Xue Tao, vice-gerente-geral executivo da empresa, e Viktor Molnar, diretor-executivo (CEO) da GACE.

A importadora levará o Geometry C da Geely, um modelo de carro elétrico de categoria premium, na Hungria, República Tcheca e Eslováquia através de distribuidores em sua rede. Os primeiros carros da marca deverão ser vendidos nestes três países no primeiro semestre de 2023. A Geely, uma empresa global, tem uma rica linha de produtos que inclui veículos com motores de combustão, carros elétricos, veículos híbridos, carros a metanol e até mesmo trocas de baterias, explicou Xue.

Equipamentos técnicos, telefones celulares e máquinas fabricadas na China são considerados de “qualidade superior”, na verdade até melhor do que a maioria dos produtos dos fabricantes estabelecidos na Europa, disse Molnar à agência  Xinhua após a cerimônia de assinatura. “Se você olhar para a indústria automotiva, os primeiros sinais e os primeiros comentários dos clientes europeus sobre os carros chineses são extremamente positivos”, assinalou ele.

Segundo a Geely, a internacionalização é a chave para o layout estratégico da empresa, e a entrada de sua marca no mercado da Europa Central e Oriental é um passo importante em sua estratégia de globalização.

Comentários

Todos os campos abaixo são obrigatórios. Seu e-mail não será publicado.