Ministro chinês pede maior apoio vacinal para países em desenvolvimento

País asiático forneceu mais de 2,1 bilhões de doses de imunizantes para 120 nações

Créditos: Xinhua/Shen Hong

O conselheiro de Estado e ministro das Relações Exteriores da China, Wang Yi, afirmou que é impossível sentir-se completamente seguro enquanto houver uma “lacuna” de imunização no mundo, pedindo um apoio mais forte às vacinas para os países em desenvolvimento.

Wang fez as declarações em um debate temático de alto nível da Assembleia Geral da ONU intitulado “Motivar Ímpeto para Vacinação Universal”. Enfatizando as responsabilidades dos países relevantes, Wang afirmou que é necessário fortalecer o apoio para os países em desenvolvimento, especialmente os africanos.

Ele ainda pediu que todas as partes reforcem as medidas de prevenção e controle da pandemia e promovam a pesquisa sobre as mutações virais e a cooperação no desenvolvimento de medicamentos com base no aumento da taxa de vacinação.

Até agora, a China forneceu mais de 2,1 bilhões de doses de vacinas para mais de 120 países. Uma em cada duas vacinas usadas globalmente é “Made in China”, observou Wang.

Comentários

Todos os campos abaixo são obrigatórios. Seu e-mail não será publicado.