Ministro chinês fala por telefone com o Secretário de Estado dos EUA sobre Afeganistão

País asiático pediu que Talibã rompa com forças terroristas

O conselheiro de Estado chinês e ministro das Relações Exteriores, Wang Yi, trocou opiniões por telefone com o secretário de Estado dos EUA, Antony Blinken, sobre a situação no Afeganistão.

Durante a conversa, Blinken afirmou que o país está entrando em uma fase crucial. O Talibã deve anunciar uma ruptura clara com o extremismo, optar por uma transferência ordenada de poder e estabelecer um governo inclusivo, disse o chefe da diplomacia dos EUA, que expressou a esperança de que a China também desempenhe um papel importante para esse fim.

Wang disse que a China está pronta para se comunicar com os Estados Unidos para pressionar por um pouso suave na questão do Afeganistão, de modo que uma nova guerra civil ou um desastre humanitário possam ser evitados.

Na terça-feira, a porta-voz do Ministério das Relações Exteriores chinês, Hua Chunying, afirmou que o país espera que o Talibã possa romper com todas as forças terroristas internacionais.

A China espera que o Talibã possa trabalhar com todas as partes no estabelecimento de uma estrutura política aberta e inclusiva e buscar uma política externa pacífica e amigável, particularmente desenvolvendo relações com os países vizinhos, de modo a realizar a reconstrução e o desenvolvimento no Afeganistão, afirmou Chunying em uma coletiva de imprensa em Pequim.

A porta-voz indicou que o novo regime deve reprimir grupos terroristas, incluindo o Movimento Islâmico do Turquestão Oriental, a fim de evitar que o Afeganistão se torne novamente um ponto de encontro de forças terroristas e extremistas.

Comentários

Todos os campos abaixo são obrigatórios. Seu e-mail não será publicado.