Ministério das Relações Exteriores da China se opõe às interações oficiais EUA-Taiwan

“As autoridades americanas devem se concentrar em salvar as vidas de seus habitantes, ao invés de desperdiçar tempo com shows políticos”, afirmou porta-voz chinês

O porta-voz do Ministério das Relações Exteriores, Zhao Lijian, reiterou nesta quarta-feira a firme oposição da China a qualquer interação oficial entre os Estados Unidos e Taiwan sob qualquer pretexto. “Quem brinca com o fogo acabará se queimando”, disse.

Zhao também comentou recentes alegações do Secretário de Saúde e Serviços Humanos dos EUA, Alex Azar, que afirmou que a China “optou por não” alertar o mundo sobre a COVID-19.

“As autoridades de saúde americanas devem se concentrar agora em salvar as vidas de seus habitantes, ao invés de desperdiçar tempo com shows políticos”, falou o porta-voz.

Zhao ainda reforçou que o país asiático está contendo a epidemia da COVID-19 de forma aberta, transparente e responsável, e realizando ativamente cooperação internacional de controle e prevenção.

Comentários

Todos os campos abaixo são obrigatórios. Seu e-mail não será publicado.