Militares da China vão intensificar cooperação internacional contra COVID-19

“Somente com solidariedade o mundo poderá derrotar esse inimigo”, afirmou porta-voz

O Ministério da Defesa Nacional da China anunciou na última semana que os militares continuarão trabalhando com outros países para combater a pandemia do novo coronavírus.

Wu Qian, porta-voz do ministério, disse que a China ajudará a comunidade internacional ao máximo dentro de sua capacidade enquanto continuará se esforçando para combater a epidemia no país.

“Especialistas das forças armadas chinesas compartilharam sua experiência no combate à COVID-19 com seus colegas do Paquistão, Cingapura e Rússia por meio de videoconferências”, afirmou Wu. Os militares chineses também foram responsáveis por doações de suprimentos e envio de equipes médicas para países como Irã, Mianmar e Vietnã.

Observando que o vírus não respeita fronteiras, o porta-voz disse que somente com solidariedade internacional o mundo poderá derrotar esse inimigo comum da humanidade.

Comentários

Todos os campos abaixo são obrigatórios. Seu e-mail não será publicado.