Mais uma vacina chinesa contra coronavírus entra na segunda fase de ensaio clínico

Conclusão sobre segurança e eficácia da vacina pode levar cerca de um ano

Uma vacina inativada desenvolvida por pesquisadores chineses entrou na segunda fase de testes clínicos. Na primeira etapa, 96 pessoas receberam a vacina, que mostrou boa segurança até o momento.

Os ensaios clínicos randomizados, duplo-cegos e controlados por placebo estão sendo realizados em Jiaozuo, Província de Henan, no centro da China. Tanto a primeira quanto a segunda fase foram aprovadas pela Administração Nacional de Produtos Médicos.

A vacina ainda passará por uma terceira fase de ensaios clínicos. Segundo o desenvolvedor China National Pharmaceutical Group, a conclusão sobre sua segurança e eficácia pode levar cerca de um ano.

Trata-se da segunda vacina chinesa a entrar nesta etapa de testes clínicos. Uma vacina baseada em vetores de adenovírus foi a primeira do mundo a entrar na segunda fase, em 12 de abril.

Comentários

Todos os campos abaixo são obrigatórios. Seu e-mail não será publicado.