Mais de 21 mil funcionários médicos deixam Hubei após atenuação da epidemia

Cidade mais atingida pelo vírus ainda conta com mais de 16.000 profissionais da saúde

Com o abrandamento do surto do novo coronavírus, 21.046 funcionários médicos que estavam ajudando a Província de Hubei já voltaram para as suas regiões de origem. “O pico de saída das equipes de assistência deve ocorrer até o fim de março”, disse Jiao Yahui, funcionário da Comissão Nacional de Saúde.

“Muitos trabalhadores médicos ficaram emocionados quando os moradores locais se despediram e agradeceram espontaneamente”, acrescentou Jiao. Ainda há 16.558 trabalhadores médicos, membros de 139 equipes, combatendo o vírus em Wuhan, a cidade mais atingida anteriormente.

As equipes médicas que pegaram trens de alta velocidade ganharam a passagem e o jantar da China State Railway Group na viagem de volta. As empresas também forneceram serviços gratuitos de entrega para os médicos. Em 23 de março, a SF Express entregou 929,4 toneladas de bagagem e os isentou de 6,69 milhões de yuans (US$ 946 mil) em tarifas.

Comentários

Todos os campos abaixo são obrigatórios. Seu e-mail não será publicado.