Maioria dos cidadãos chineses foram evacuados da Ucrânia, diz porta-voz chinês

Ministério das Relações Exteriores ainda anunciou ajuda humanitária ao país no valor de 5 milhões de yuans

Créditos: Shou Hang/Xinhua

O porta-voz do Ministério das Relações Exteriores, Zhao Lijian, afirmou que a grande maioria dos cidadãos chineses que estavam na Ucrânia foram evacuados, incluindo mais de cem estudantes de Sumy, uma cidade fronteiriça com intensos combates, durante uma coletiva realizada nesta semana.

“Mais uma vez, quero lembrar aos poucos cidadãos chineses que permanecem na Ucrânia que se mantenham seguros, reforcem as precauções e preparações de segurança e mantenham contato com a embaixada chinesa e o consulado-geral”, disse Zhao, acrescentando que as autoridades diplomáticas e as missões consulares continuarão fornecendo proteção.

O porta-voz também anunciou que, a pedido da Ucrânia, a Sociedade da Cruz Vermelha da China enviará ajuda humanitária no valor de 5 milhões de yuans ao país, incluindo alimentos e produtos de necessidades diárias.

O primeiro lote de ajuda, com mil pacotes de apoio emergencial incluem cobertores, talheres e tochas e foi enviado de Pequim por meio de um voo na quarta-feira. Os pertences serão usado pela Cruz Vermelha Ucraniana para ajudar os desabrigados.

Comentários

Todos os campos abaixo são obrigatórios. Seu e-mail não será publicado.