Maior navio contêiner do mundo zarpa de Tianjin

O navio está programado para chegar ao noroeste da Eupora após passar por diversos portos, como Qingdao, Xangai e Roterdam

O MSC Gulsun, maior navio contêiner do mundo pela sua capacidade de carga, zarpou da cidade portuária chinesa de Tianjin nesta segunda-feira (8), começando sua viagem para o noroeste da Europa. Com uma carga máxima de 224.986,4 ton, o MSC Gulsun é capaz de transportar 23.756 unidades equivalentes a 20 pés (TEUs, em inglês), de acordo com Jonathan Zhu, diretor executivo para a Grande China da MSC Mediterranean Shipping Company, operadora desta embarcação.

O navio, com 399,9 m de comprimento e 61,5 m de largura, está programado para chegar ao noroeste da Europa após visitar vários portos, incluindo Qingdao, Xangai, Algeciras, Gdansk, Kaliningrado e Roterdam. A sua carga durante essa viagem inaugural inclui aço, mobiliários e produtos químicos, revela Yu Lei, gerente geral da China Ocean Shipping Agency Tianjin Co. Ltd.

A embarcação escolheu começar a sua viagem inaugural no porto de Tianjin, levando em consideração que esse é um importante porto de entrada do norte da China, que conta com amplas vias navegáveis e boas condições de acostagem, de acordo com Zhu.Com relações comerciais estabelecidas com mais de 180 países e regiões, o porto desempenha agora um importante papel na Iniciativa do Cinturão e Rota, proposta pela China. Sua capacidade de contêiner atingiu 8,33 milhões de toneladas na primeira metade deste ano, registrando alta anual de 6,7%, maior que o crescimento médio dos portos chineses.

O navio foi construído pela Samsung Heavy Industries, filial de construção naval do Samsung Group da República da Coreia.

Comentários

Todos os campos abaixo são obrigatórios. Seu e-mail não será publicado.