Macau concederá subsídio de consumo de US$ 1.000 para cada residente

Pacote de estímulo econômico quer impulsionar negócios durante COVID-19

A Região Administrativa Especial de Macau da China anunciou que vai emitir um voucher de consumo no valor de 8 mil patacas (US$ 1.000) para cada residente. A medida é parte de um pacote de estímulo econômico para impulsionar os negócios durante a epidemia da COVID-19.

O voucher será distribuído aos moradores de Macau em duas fases. O primeiro, no valor de 3 mil patacas (US$ 375), será usado entre maio e julho. O segundo, no valor de 5 mil patacas (US$ 625), entre agosto e dezembro.

A quantia pode ser utilizada em mercados, restaurantes e outros locais de consumo diário para apoiar os negócios locais, especialmente as pequenas e médias empresas. O pacote de estímulos também oferece apoio monetário para funcionários, freelancers e empresas, especialmente para aqueles com média e baixa renda.

Comentários

Todos os campos abaixo são obrigatórios. Seu e-mail não será publicado.