Líder do mercado eólico chinês assina novo acordo no Brasil

Turbinas da Goldwind serão instaladas no Piauí a partir de 2021

A empresa chinesa de turbinas eólicas Goldwind fechou, na última semana, um novo contrato no Brasil. Segundo matéria publicada na agência de notícias Reuters, o acordo amplia a participação da China na indústria de energia limpa brasileira.

Em nota, a líder no mercado eólico chinês confirmou o fornecimento de 18 aerogeradores, totalizando 82,8 megawatts de potência instalada.

Os equipamentos serão utilizados para expansão do complexo eólico Lagoa do Barro, no Piauí. A entrega das turbinas deve ter início em 2021.

Comentários

Todos os campos abaixo são obrigatórios. Seu e-mail não será publicado.