Lhasa recebe quase 20 milhões de visitantes em 2018

A capital da Região Autônoma do Tibete tem alguns dos mais famosos pontos turísticos da China e lançou políticas para atrair mais visitantes durante o inverno

A cidade de Lhasa, capital da Região Autônoma do Tibete, recebeu um total de 19,9 milhões de visitantes em 2018, uma alta de 23,87% em relação ao ano anterior, pelo que disseram as autoridades locais de turismo em uma entrevista coletiva. Foi arrecadado um total de 28,28 bilhões de yuans (US$ 4,21 bilhões) em turismo, um aumento de 24,33% em relação a 2017.

Alguns dos pontos turísticos e culturais mais renomados da China ficam em Lhasa, como é o caso do Palácio Potala e do Templo Jokhang. Até outubro, a cidade tinha 24 pontos turísticos de nível A, 143 hotéis de estrelas e 311 agências de viagens, segundo Tashi Dondrup, vice-diretor do escritório de desenvolvimento do turismo de Lhasa.

O Tibete lançou uma série de políticas preferenciais para atrair mais turistas durante o inverno, como entradas grátis em alguns pontos turísticos e descontos nas passagens aéreas. O resultado disso foi que a região recebeu 2,46 milhões de turistas no último inverno, 84,2% a mais que no ano anterior.

Comentários

Todos os campos abaixo são obrigatórios. Seu e-mail não será publicado.