Leitos pediátricos nos EUA ficam sobrecarregados após novo surto de doenças respiratórias

Hospital em Hartford planeja montar barraca no gramado para a recepção de pacientes

De acordo com ABC News, hospitais dos EUA estão sofrendo as consequências de uma nova onda de infecções respiratórias, com uma taxa de ocupação dos leitos acima do esperado. Em todo o país, 71% de leitos pediátricos estão preenchidos, segundo o Departamento de Saúde e Serviços Humanos dos EUA. O Centro Médico Infantil de Connecticut, em Hartford, confirmou que está considerando montar uma barraca no gramado do hospital.

Especialistas em saúde veem que as coisas piorarão à medida que o ano letivo começa e o inverno se aproxima. Crianças com doença pulmonar crônica, bebês prematuros e crianças com asma são consideradas de risco especialmente alto.

O RSV (vírus sincicial respiratório, na sigla em inglês) não surgiu no ano de 2020. A terapeuta respiratório e membro do conselho da American Association for Respiratory Care, Dana Evans, explicou: “Provavelmente devido a todas as estratégias de mitigação do COVID-19 e ao mascaramento e tudo o que estávamos fazendo para impedir a propagação do COVID-19, o que também propaga de outros vírus respiratórios – mas aqui estamos em 2022 e estamos de volta”.

 

Comentários

Todos os campos abaixo são obrigatórios. Seu e-mail não será publicado.