Jogos Olímpicos de Inverno estimulam investimentos de marcas esportivas na China

Indústria de gelo e neve no país chegará a 1 trilhão de yuans até 2025

(Créditos: Xinhua/Chen Zhonghao)

Abrindo uma nova loja em um centro de esportes de gelo em Pequim, a marca americana de equipamentos de hóquei TRUE recebeu calorosas boas-vindas dos jovens estagiários. Inaugurado em outubro de 2021, o local oferece serviços para que adolescentes treinados no centro não precisem procurar qualquer equipamento na cidade, tais como capacetes, luvas, patins e bastões.

A popularidade dos esportes de gelo e neve começou cedo na Europa e nos EUA, e as empresas desta indústria dominaram a tecnologia relativamente madura, disse Wang Zhiyong, gerente do departamento internacional do Capitals Hockey Club de Pequim. “Assim, o mercado chinês de esportes de inverno, impulsionado pelos Jogos Olímpicos, será um ‘oceano azul’ aos olhos das marcas estrangeiras”, disse Wang.

(Créditos: Xinhua/Chen Zhonghao)

Um relatório de pesquisa sobre a indústria de gelo e neve da China em 2021 mostrou que a área aumentou de 270 bilhões de yuans (US$ 42 bilhões) em 2015 para 600 bilhões de yuans em 2020. De acordo com o plano de desenvolvimento do país, a escala total da indústria chegará a 1 trilhão de yuans até 2025.

Os dados do provedor de informações corporativas Tianyancha indicam que a China viu um aumento de mais de mil empresas relacionadas a esportes de gelo e neve em 2021. No WF Central, um centro de compras de luxo no centro de Pequim, uma ponte em seu terceiro andar está lotada de produtos de mais de 10 marcas globais, incluindo Bogner, Burton e Mons Royale.

(Créditos: Xinhua/Chen Zhonghao)

Comentários

Todos os campos abaixo são obrigatórios. Seu e-mail não será publicado.