Intercâmbios culturais são importantes para a cooperação entre a China e os PLPs

Em evento comemorativo do Dia da Língua e Cultura na Comunidade dos Países de Língua Portuguesa, embaixadores discutiram a relação da China com seus países

Um evento comemorativo do Dia da Língua e Cultura na Comunidade dos Países de Língua Portuguesa (CPLP) foi realizado na última semana, onde embaixadores dos Países de Lígua Portuguesa (PLPs) ressaltaram a importância dos intercâmbios culturais e educativos para a cooperação entre a China e os PlPs. A China tem promovido continuamente, nos últimos anos, a cooperação educativa com os países em desenvolvimento e os envolvidos ao longo do Cinturão e Rota, a fim de fornecer capacitação profissional.

O embaixador do Timor-Leste, Bendito Santos Freitas, disse que a cooperação em educação profissionalizante entre os dois países desempenha um papel fundamental na promoção do mercado de trabalho no Timor Leste. Por sua vez, a embaixadora da República de Cabo Verde na China, Tânia Romualdo, destacou que a língua portuguesa não é apenas uma ferramenta de comunicação para o patrimônio histórico e cultural, mas representa também os laços da CPLP.

O embaixador português, José Augusto Duarte, elogiou o papel positivo do Cinturão e Rota para os PLPs. “Por essa iniciativa, a China e os PLPs realizam cooperações mutuamente benéficas nas áreas de infraestrutura, comércio, construções portuárias e ferroviárias. Trata-se de uma oportunidade para o desenvolvimento de Portugal. Os dois países devem aprofundar os intercâmbios culturais, como o ensino de talentos linguísticos e a tradução de publicações.”

Falando da cultura chinesa, o embaixador português ainda disse: “Eu gosto mais do Erhu, um instrumento musical da China. Poucas cordas podem contar alegria ou tristeza. É tão maravilhoso! A cultura chinesa tem uma história longa e profunda. A cultura portuguesa também é única e típica. Os dois povos precisam aprofundar sua compreensão e promover os intercâmbios.”

Atualmente, cada vez mais jovens chineses estão aprendendo português. Quase 40 faculdades e universidades em todo a China estabeleceram cursos de língua portuguesa, o que teve um impacto positivo na divulgação da cultura e língua dos PLPs. Ricardo, professor de língua portuguesa da Universidade de Economia e Negócios Internacionais, apontou que o conhecimento cultural é indispensável no ensino de língua portuguesa. “O idioma é básico para a compreensão de um país estrangeiro. Todas as palavras possuem uma conotação cultural.”


Fonte: Xinhua

Comentários

Todos os campos abaixo são obrigatórios. Seu e-mail não será publicado.