Intensidade de gastos chineses em pesquisa e desenvolvimento aumenta em 2021

China investiu US$ 405 bilhões na área no último ano, um aumento de 14,6% em relação a 2020

Créditos: Xinhua/Shao Rui

A intensidade de gastos em pesquisa e desenvolvimento (P&D) da China, ou os gastos em P&D como porcentagem de seu produto interno bruto, chegou a 2,44% em 2021, mostra um boletim estatístico anual.

A taxa, aumentando de 1,91% em 2012, é a mais alta entre os países em desenvolvimento e é mais alta que a média da União Europeia, disse Liu Huifeng, pesquisador da Academia Chinesa de Ciência e Tecnologia para Desenvolvimento.

Em 2021, a China investiu 2,8 trilhões de yuans (US$ 405 bilhões) em P&D, um aumento de 14,6% em relação a 2020. Entre eles, mais de 2 trilhões de yuans, ou quase 77%, foram financiados pelas empresas, segundo o boletim sobre P&D do país em 2021, divulgado na quarta-feira.

Espera-se que a China gaste mais de 3 trilhões de yuans em P&D em 2022, segundo Liu.

Comentários

Todos os campos abaixo são obrigatórios. Seu e-mail não será publicado.