Instituto chinês desenvolve robô submarino para realizar estudos em águas profundas

Equipamento pode mergulhar até 6 mil metros e passou pelas provas de mar

A foto mostra o robô submarino controlado de maneira remota Wenhai-1. (Foto oferecida pela Academia Chinesa de Ciências)

Créditos: Foto oferecida pela Academia Chinesa de Ciências/Xinhua

Um robô submarino controlado de maneira remota que pode mergulhar até 6 mil metros de profundidade passou pelas provas de mar e foi entregue a seu usuário, de acordo com o Instituto de Automatização de Shenyang (SIA) da Academia Chinesa de Ciências, o desenvolvedor do robô.

O Wenhai-1, desenvolvido para o Instituto de Geologia Marinha de Qingdao da Pesquisa Geológica da China, é a primeira sonda autônoma não tripulada de águas profundas do país que conta com funções como a detecção autônoma de cruzeiros de grande alcance e a amostragem precisa de pontos por controle remoto, assinalou o SIA em seu website.

Durante as provas no mar e a aplicação, o Wenhai-1 realizou 17 missões de mergulho, durante as quais obteve dados de detecção de alta precisão sobre o leito marinho, as amostras da coluna de sedimentos superficiais e os organismos do leito marinho. Além disso, realizou-se a medição de precisão do campo gravitacional e do campo magnético da Terra, disse o SIA.

Comentários

Todos os campos abaixo são obrigatórios. Seu e-mail não será publicado.