Iniciativa Cinturão e Rota proporciona crescimento do interior da China

Os dados do primeiro semestre mostraram que houve um aumento do comércio com países que fazem parte da iniciativa

Os frutos positivos da Iniciativa Cinturão e Rota já estão começando a ser colhidos e as regiões do interior da China estão entrando na linha de frente do processo de abertura do país. Isso pode ser observado nos dados comerciais do primeiro semestre do ano que foram divulgados pelas regiões provinciais e que registraram um crescimento acelerado do comércio com os países da iniciativa em relação ao comércio interno.

A província de Hunan, localizada no centro da China, teve um crescimento de 53,9% no comércio com países que fazem parte do Cinturão e Rota, enquanto o seu crescimento total foi de 31,7%. As suas exportações de equipamentos ferroviários tiveram aumento de aproximadamente 170%, sendo que as autoridades locais atribuíram isso à melhora na estabilidade política de países do Cinturão e Rota.

Outra província que também teve um grande impulso comercial causado pela iniciativa foi a de Gansu, no noroeste da China, que expandiu 41%. Se a conexão com a Europa e os países asiáticos não existisse, por meio das quatro passagens da Iniciativa Cinturão e Rota, esse forte crescimento provavelmente não teria acontecido.

Ainda no interior do país, províncias como Sichuan, Hubei e Shanxi também tiveram benefícios com a iniciativa, tendo um aumento considerável nos números do comércio realizado com países que dela fazem parte. Os dados alfandegários do primeiro semestre ainda mostram que em todo o país houve um aumento de 7,9% em termos anuais, enquanto o comércio dos países do Cinturão e Rota foi 2,5 % mais alto.

Comentários

Todos os campos abaixo são obrigatórios. Seu e-mail não será publicado.