Infecções de Covid-19 crescem nos EUA, mas hospitalizações continuam baixas

Segundo mídia americana, população ainda teme novos surtos

Créditos: Xinhua/Wu Xiaoling

Uma matéria do jornal NBC News mostrou que os casos de Covid-19 voltaram a aumentar, apesar do número de hospitalizações se manter estabilizado. Na última semana, a média diária de casos chegou a 35.967 positivos, 18% a mais do que duas semanas atrás.

O veículo aponta, no entanto, que o número está longe da média de mais de 800 mil casos em sete dias, durante o surto da Ômicron. Além disso, os valores apresentados devem ser questionados. “Os dados de teste são difíceis de coletar e os números certamente não capturam tudo. Por todo o país, as diferenças nos números de testes são enormes e levantam questões sobre o que os estados estão pegando em suas medições”, afirma o texto.

Mesmo com os números baixos, a população ainda mostra medo de ver um novo surto. A Filadélfia anunciou que está restabelecendo a exigência do uso de máscaras faciais em ambientes fechados. Enquanto isso, os Centros de Controle e Prevenção de Doenças disseram que as máscaras continuarão a ser necessárias em voos comerciais até pelo menos 3 de maio. Esse mandato havia sido originalmente definido para expirar na segunda-feira.

“Se a pandemia nos ensinou alguma coisa, é que a situação do Covid pode mudar rapidamente. Surgem novas variantes. Os encontros tornam-se eventos de propagação. E as diferenças no terreno de um lugar para outro podem ser dramáticas”, afirma o texto.

Comentários

Todos os campos abaixo são obrigatórios. Seu e-mail não será publicado.