Idosos não conseguem pagar necessidades básicas nos EUA, diz mídia

Dados apresentados pela CBS News mostram dificuldades do “custo real do envelhecimento”

White House / Casa Branca / US/ USA/ Estados Unidos

Créditos: Xinhua/Liu Jie

Mais da metade das mulheres idosas nos Estados Unidos (54%) está em uma situação financeira similarmente precária: ou pobres de acordo com os padrões federais de pobreza ou com renda muito baixa para pagar as despesas essenciais, revelou a CBS news. Para homens solteiros, a proporção é um pouco menor, 45%.

Os dados foram reunidos pelo Elder Index, desenvolvido por pesquisadores do Instituto de Gerontologia da Universidade de Massachusetts-Boston. O projeto usa vários bancos de dados públicos para calcular o custo de assistência médica, moradia, alimentação, transporte e despesas diversas para idosos.

O dado representa um orçamento básico, ajustado para os idosos viverem sozinhos ou como parte de um casal; se estão com saúde ruim, boa ou excelente; e se eles alugam ou possuem casas, com ou sem hipoteca.

“Existe um mito de que a Previdência Social e o Medicare cuidam milagrosamente de todas as necessidades das pessoas na velhice”, disse Alwin, do Conselho Nacional do Envelhecimento para a CBS. “A realidade é que não, e muitas pessoas estão a uma crise da insegurança econômica.”

Comentários

Todos os campos abaixo são obrigatórios. Seu e-mail não será publicado.