Huawei lança sistema operacional próprio

Mais voltado para telas inteligentes, o HarmonyOS poderá ser usado em smartphones caso o Android seja mesmo proibido em aparelhos da Huawei

A Huawei lançou o seu próprio sistema operacional de código aberto, o HarmonyOS (ou Hongmeng, em chinês), na última sexta-feira (9) como uma alternativa potencial ao Android, caso o sistema operacional do Google seja realmente proibido nos celulares de Huawei. O HarmonyOS é um sistema operacional distribuído e baseado em microkernels desenvolvido para diversos dispositivos e cenários, disso Richard Yu, CEO do Grupo de Negócio dos Consumidores da Huawei.

“Será muito rápido e conveniente transferir o sistema operacional Android para o HarmonyOS caso o Android já não estiver disponível. Levará apenas um ou dois dias”, disse Yu. Ele ressaltou que apesar disso, os celulares da Huawei darão prioridade ao Android considerando o ecossistema e os parceiros.

Yu disse que o HarmonyOS, como um sistema operacional ligeiro e compacto com uma funcionalidade poderosa, será usado primeiro nos produtos de telas inteligentes da Huawei. Nos próximos três anos, ele passará a ser usado em mais dispositivos, como relógios inteligentes e sistemas internos de veículos, indicou ele.

“Estamos entrando nos dias e na era em que os usuários esperam uma experiência inteligente integral em todos os dispositivos e cenários. Para apoiar isto, sentimos que é importante possuir um sistema operacional com capacidades aprimoradas entre plataformas”, acrescentou Yu. “Necessitamos um SOU (sistema operacional) que suporte todos os cenários, que possa ser usado em uma série de dispositivos e plataformas, e que possa atender à demanda dos consumidores por baixa latência e forte segurança”.

Yu adestacou que o desenvolvimento do HarmonyOS dependerá do ecossistema dinâmico dos aplicativos e desenvolvedores. “Para incentivar uma adoção mais abrangente, a Huawei liberará o HarmonyOS como uma plataforma de código aberto em todo o mundo”. A Huawei estabelecerá também uma fundação de código aberto e uma comunidade de código aberto para apoiar uma colaboração profunda com os desenvolvedores, acrescentou ele.

Comentários

Todos os campos abaixo são obrigatórios. Seu e-mail não será publicado.