Hospital do centro da China usa robô de desinfecção em meio à epidemia

Uso de tecnologia diminui carga de trabalho dos funcionários, além de reduzir risco de infecção cruzada

Dois robôs inteligentes estão sendo utilizados para desinfectar enfermarias em meio à epidemia do novo coronavírus, na Província de Hunan, no centro da China.

“O uso dos robôs pode reduzir em muito a carga de trabalho dos funcionários do hospital e reduzir o risco de infecção cruzada da epidemia”, diz Meng Sha, vice-diretora do centro de distribuição logística do Hospital Xiangya da Universidade do Centro-Sul, onde a tecnologia é usada.

Os robôs possuem três métodos de desinfecção, incluindo raios ultravioleta, peróxido de hidrogênio de névoa ultra seca e filtragem de ar por plasma. “Depois de concluírem o trabalho, eles se dirigem para a estação de recarga automática”, afirma Huang Weiping, enfermeira chefe do departamento de ambulatório.

Comentários

Todos os campos abaixo são obrigatórios. Seu e-mail não será publicado.