Hospital chinês usa 5G para fazer ultrassonografia a distância

Três médicos do Primeiro Hospital Popular de Guangzhou realizaram o exame em paciente que estava a 60 km de distância

Primeiro Hospital Popular de Guangzhou

Em um hospital da cidade de Guangzhou, médicos usaram tecnologia sem fio 5G para realizar uma ultrassonografia em um paciente que estava a 60 km de distância. O exame, que aconteceu na última segunda-feira e durou 20 minutos, consistia em três médicos do Primeiro Hospital Popular de Guangzhou operando, via rede 5G, um braço robótico que realizou a ultrassonografia e monitorando o processo através de telões.

O apoio técnico para o procedimento remoto foi fornecido pela operadora de telefonia China Unicom. De acordo com os técnicos da operadora, as vantagens de alta transmissão e baixa latência da tecnologia 5G permitiram que o problema de delay na transmissão online de áudio e vídeo fossem resolvidos.

Cao Jie, presidente do Primeiro Hospital Popular de Guangzhou, afirmou que o hospital pretende promover a aplicação de tecnologia 5G em outras situações, como consulta médica distante, instrução de cirurgia a distância e tratamento de emergência.

Comentários

Todos os campos abaixo são obrigatórios. Seu e-mail não será publicado.