Hospitais chineses darão cirurgia cardíaca gratuita para 47 crianças da Mongólia

O tratamento médico gratuito faz parte de um programa da Fundação da Cruz Vermelha Chinesa que beneficia crianças com doenças cardíacas congênitas

A filial da Sociedade da Cruz Vermelha da China, na Região Autônoma da Mongólia Interior anunciou que o Hospital Anzhen de Pequim e do Hospital Popular da Mongólia Interior darão tratamento médico gratuito para 47 crianças naturais da Mongólia que sofrem com doenças cardíacas congênitas. Médicos dos dois hospitais foram para Ulan Bator e conduziram exames em crianças de 1 a 14 anos de idade.

As 47 crianças portadoras de doença cardíaca congênita farão as cirurgias gratuitas no mês de novembro, sendo que 20 delas receberão o tratamento no próprio hospital da Mongólia Interior. Esse serviço faz parte de um programa de ajuda humanitária da Fundação da Cruz Vermelha Chinesa (FCVC) que prevê cirurgias gratuitas para 100 crianças chinesas doentes, sendo que em 2017, 53 delas já foram beneficiadas.

Comentários

Todos os campos abaixo são obrigatórios. Seu e-mail não será publicado.