Havaianas aposta em mercado chinês pós-coronavírus

Marca brasileira lançou loja online na plataforma da Tencent, gigante chinesa de tecnologia

Com a epidemia de coronavírus já controlada em seu território, a China começou a reabrir shoppings e lojas. De olho na escalada do mercado de moda chinês, a marca brasileira de sandálias Havaianas começa a pôr em prática estratégias de investimentos no país.

Recentemente, a Havaianas lançou uma loja online na plataforma da Tencent, gigante chinesa de tecnologia que possui presença massiva no mercado digital asiático. Além disso, a marca inaugurou lojas temporárias em shoppings do país, para que os clientes possam experimentar suas sandálias.

Para acelerar sua expansão e absorver as tendências de moda da região, a empresa brasileira também abriu um escritório próprio na China.

Em 2019, cerca de 21% da receita líquida total da Alpargatas (multinacional brasileira dona da Havaianas) veio de territórios estrangeiros – ou R$787 milhões dos R$3,71 bilhões do montante total.

Comentários

Todos os campos abaixo são obrigatórios. Seu e-mail não será publicado.