Guangzhou inaugura Jardim Botânico Nacional do Sul da China

Local conserva mais de 20 mil espécies de plantas

Créditos: Xinhua/Deng Hua

O Jardim Botânico Nacional do Sul da China foi inaugurado em Guangzhou, capital da Província de Guangdong, nesta segunda-feira.

O jardim tem como objetivo fortalecer a conservação, a pesquisa científica e a disseminação do conhecimento das plantas tropicais e subtropicais.

O jardim possui três centros de pesquisa, um herbário, duas estações de campo de nível nacional e três laboratórios-chave da Academia Chinesa de Ciências.

Com uma área total planejada de 319 hectares e 38 jardins especializados, o local conserva mais de 20 mil espécies de plantas, incluindo 6 mil espécies de plantas econômicas.

Sendo um país com algumas das mais ricas biodiversidades vegetais de todo o mundo, a China abriga mais de 37 mil espécies conhecidas de plantas de nível superior, representando cerca de um décimo do total global.

Em 18 de abril, o país também tomou outra ação histórica para fortalecer sua proteção à biodiversidade, inaugurando oficialmente o Jardim Botânico Nacional da China, em Pequim.

Comentários

Todos os campos abaixo são obrigatórios. Seu e-mail não será publicado.