Governo de São Paulo realizará 3 missões à China em 2020

João Doria, governador do estado, inaugurou um escritório comercial no país asiático este ano e buscará fortalecer ainda mais as relações comerciais com a China no ano que vem

João Doria, governador do estado de São Paulo, voltou a ressaltar a importância da China para a região durante uma entrevista dada a correspondentes estrangeiros, e ainda anunciou que em 2020 deverá realizar três missões ao país asiático. O governante é o responsável pela abertura de um escritório comercial do estado de São Paulo em Xangai, tendo visitado o país asiático em 2019 para isso.

“Somos o primeiro governo regional do Brasil com um escritório internacional. Isso mostra a visão estratégica do governo do estado de São Paulo. É um escritório financiado pelo setor privado chinês e brasileiro, com interesses em ambos os países”, explicou Doria.

Segundo Dória, o escritório tem “uma forma diferenciada e criativa de autofinanciamento, sem a utilização de recursos públicos e garantindo um grau de eficiência. Enquanto for eficiente e centrado em seus objetivos, que são a geração de negócios e a melhorar as relações econômicas entre o governo de São Paulo e a China, será financiado por empresas privadas, sem que haja interferência política”.

Sobre as viagens do próximo ano, o governador disse que em agosto haverá “uma igual a que fizemos em 2019, visitaremos outras regiões da China, além de Pequim e Xangai. Iremos a Shenzhen e provavelmente a outro centro chinês e, três meses depois, faremos uma viagem mais curta para fechar os negócios acertados em agosto”, acrescentou.

Antes, em junho, “lideraremos uma missão com sete governadores de estados do sul e sudeste do Brasil, que representam 70% da economia do país. Os governadores do Rio Grande do Sul, Santa Catarina, Paraná, São Paulo, Rio de Janeiro, Minas Gerais e Espírito Santo apresentarão políticas públicas em um programa de desestatização dos estados e outros investimentos complementares, de acordo com as características de cada estado”, anunciou ele.

Doria aproveitou a entrevista para ressaltar a “confiança e as oportunidades” que São Paulo oferece aos investidores: “Temos marcos jurídicos muito claros, oportunidades de investimentos bem definidas, são 62 campos de privatizações e concessões, além dos que o setor privado oferece em agronegócios, indústria, comércio, serviços ciência e tecnologia”.

“O governo de São Paulo pensa globalmente e atrai investimentos globais, e as oportunidades para a China são muito em um estado com 45 milhões de habitantes e que concentra 85% das empresas chinesas instaladas no Brasil. É o estado que oferece maior número de oportunidades em todos os setores e é o maior mercado de consumo da América Latina”, destacou.

Comentários

Todos os campos abaixo são obrigatórios. Seu e-mail não será publicado.