Fundos da China para alívio da pobreza registram crescimento anual de 21% entre 2013 e 2019

Serão mais de US$16 bilhões alocados para a causa em 2020

Os fundos do governo central chinês para combater a pobreza registraram uma taxa de crescimento anual de 21% na China entre 2013 e 2019. Segundo Huang Yan, funcionária do Escritório do Grupo Dirigente para Alívio da Pobreza e Desenvolvimento do Conselho de Estado, o país continuará aumentando as reservas em 2020.

Em entrevista coletiva realizada nesta terça-feira, Huang afirmou que o país alocou 113,6 bilhões de yuans (o equivalente a US$16,39 bilhões) para combater a pobreza este ano.

O Ministério da Agricultura e dos Assuntos Rurais também participou da conferência de imprensa. Seu representante, Wei Baigang, afirmou que “devido à epidemia, quase metade dos trabalhadores migrantes não retornou ao trabalho nas cidades”.

“Os departamentos agrícolas e rurais precisam promover os serviços para ajudá-los a voltar às cidades para trabalhar”, disse Wei.

Comentários

Todos os campos abaixo são obrigatórios. Seu e-mail não será publicado.