Fundação Ford fala sobre rápido desenvolvimento do setor social chinês

Elizabeth Knup, diretora e representante da fundação na China, disse que o país vem obtendo sucesso no seu crescimento igualitário

A China teve um grande sucesso no setor social em seu caminho a um crescimento igualitário, pelo que afirmou Elizabeth Knup, diretora e representante da Fundação Ford (uma das maiores fundações privadas do mundo) na China. Em entrevista à Xinhua, ela disse que desde que a fundação começou a trabalhar no país, em 1979, ela pode testemunhar o rápido crescimento do país, não só no setor econômico, como também no social. “A vida do povo é muito melhor que há 20 anos na China e continua melhorando”.

Segundo dados oficiais, mais de 100 milhões de chineses foram tirados da pobreza nas últimas quatro décadas, e a taxa de pobreza nas áreas rurais foi de 97,5%, em 1978, para 1,7% em 2018. A receita per capita da China teve um aumento de 25 vezes nesse mesmo período.

Knup disse que a contribuição do país para a redução da pobreza é enorme, o que ajudou no cumprimento dos objetivos de desenvolvimento do milênio para todo mundo. O governo da China prometeu construir uma sociedade moderadamente próspera, onde “nenhuma pessoa deve ser deixada para trás”. Para Knup, esse crescimento equitativo é uma vitória dos esforços de diferentes lados. “A liderança da China de hoje reconhece que o crescimento igualitário é algo do qual as políticas, o povo e os líderes têm que participar de maneira ativa”.

A China prometeu reduzir as taxas de abandono escolar dos estudantes rurais e aumentar o tamanho das cotas de matrícula especial nas universidades importantes para os estudantes de áreas rurais e pobres, pelo que diz o relatório de trabalho do governo de 2019. Os grupos de reflexão, instituições de pesquisa e órgãos de política do país também fizeram contribuições para assegurar que as pessoas de todas as posiçõ0es sociais possam ter acesso igual aos recursos e serviços.

Outra coisa que Knup ressaltou foi que a Fundação de Pesquisa sobre Desenvolvimento da China (CDRF), parceira da Fundação Ford na China, lançou um programa para a educação infantil, voltado especialmente para as comunidades rurais e com menos recursos. “O investimento na educação, como todos podemos reconhecer, é extremamente importante para uma sociedade abrangente para que todas as pessoas tenham a oportunidade de participar da igualdade social”.

Comentários

Todos os campos abaixo são obrigatórios. Seu e-mail não será publicado.