Fundação do PCCh foi chave para progresso da China, afirmam especialistas brasileiros

Evento em homenagem ao centenário do Partido foi organizado pelo Consulado Geral da China em Recife

O Partido Comunista da China (PCCh) tem desempenhado papel fundamental no desenvolvimento e progresso do país, destacaram acadêmicos chineses e brasileiros em um seminário dedicado ao primeiro centenário da fundação da instituição.

O evento intitulado de “Cem Anos de História do PCCh – Diálogo Think Thank China-Brasil ” foi organizada pelo Consulado Geral da China em Recife, pelas Fundação Maurício Grabois e Fundação Leonel Brizola.

O presidente da Fundação Maurício Grabois, Renato Rabelo, considerou que “o verdadeiro legado da República Popular da China no mundo pós-pandêmico é a sua crescente capacidade de criar conscientemente um Estado e uma sociedade, a partir de um projeto e de um planejamento”.

Por sua vez, Evandro Menezes, coordenador do núcleo de estudos Brasil-China da Fundação Getúlio Vargas, garantiu que “as conquistas econômicas da China são indissociáveis ​​da liderança do PCCh”.

“Ao falar da economia da China como a segunda maior do mundo, do sucesso na erradicação da pobreza extrema, dos avanços tecnológicos, da modernização de sua infraestrutura, que integrou o país e organizou a mobilidade de forma mais eficiente nas grandes cidades, e seus progresso no desenvolvimento ecológico, também estamos falando sobre seu modelo de governança, sob a liderança do PCCh”, comentou.

 

Comentários

Todos os campos abaixo são obrigatórios. Seu e-mail não será publicado.