Fóssil de nova espécie de dinossauro com 169 milhões de anos é descoberto na China

Exploração marca encontro de um dos estegossauros mais antigos no mundo

Créditos: Xinhua/Liu Chan

Paleontólogos chineses e britânicos o identificaram  uma nova espécie de estegossauro, a partir de um fóssil que data de 169 milhões de anos, encontrado no Município de Chongqing, no sudoeste da China, em um grande campo arqueológico no distrito de Yunyang.

“É o estegossauro mais antigo já encontrado na Ásia e um dos mais antigos descobertos no mundo”, revelou Dai Hui, pesquisador do Departamento de Geologia e Exploração de Minerais de Chongqing.

A julgar pelas novas descobertas, que incluem ossos de costas, ombros, pés e costelas, bem como placas de casco, a espécie tinha cerca de 3 metros de comprimento e 2 metros de altura, com dois pares de grandes esporas ósseas no final de sua cauda.

A China é rica em espécies de estegossauro, com cerca de 40% do total encontrado no mundo. Os fósseis de estão distribuídos principalmente em Sichuan, Chongqing, Xinjiang, Mongólia Interior e Tibet, de acordo com Dai.

Os pesquisadores nomearam a espécie de “Bashanosaurus Primitivus”. “Bashan” é o nome antigo para a área de Chongqing, e a palavra latina “primitivus” é para “primeiro”. Um artigo de pesquisa sobre a descoberta foi publicado na última sexta-feira na Journal of Vertebrate Paleontology.

Comentários

Todos os campos abaixo são obrigatórios. Seu e-mail não será publicado.