Fóssil de crânio humano de 32 mil anos é descoberto em Henan

Ossos foram descobertos em caverna na cidade de Guanyinsi, no distrito de Lushan

Um fóssil de crânio humano de 32 mil anos foi descoberto em uma caverna na Província de Henan, no centro da China, disseram as autoridades arqueológicas, na segunda-feira.

A caverna está localizada na cidade de Guanyinsi, no distrito de Lushan. “Há duas cavernas no local, com uma de 9 metros de comprimento, 3 metros de largura e 3,9 metros de altura, cobrindo uma área de 30 metros quadrados”, disse o arqueólogo Zhao Qingpo.

Além de fósseis de dentes e de crânio, os arqueólogos também descobriram mais de 10 mil fragmentos de ossos de cavalos, cabras, ursos, veados, javalis e lobos, que têm entre 30 mil e 40 mil anos, além de instrumentos de pedra, incluindo lascas e raspadores.

Dois fósseis de crânio humano descobertos no local da caverna foram identificados como tendo 32 mil e 12 mil anos, respectivamente, através do método de datação por urânio. O de 32 mil anos é o mais antigo fóssil conhecido dos primeiros seres humanos modernos na província.

“As novas descobertas são de grande importância para o estudo da origem e desenvolvimento dos humanos modernos na China”, disse Liu Haiwang, presidente do Instituto Provincial do Patrimônio Cultural e Arqueologia de Henan.

Comentários

Todos os campos abaixo são obrigatórios. Seu e-mail não será publicado.