Florestas da China absorvem mais poluentes do que o imaginado

Artigo publicado na revista Nature indica que duas áreas chinesas são responsáveis por 35% de toda a captura de carbono do país asiático

Um artigo publicado na revista científica Nature indicou que as florestas da China absorvem mais poluentes do que se esperava.

A análise feita por uma equipe internacional de pesquisadores foi baseada em observações terrestres e por satélite. Foi descoberto que duas áreas chinesas são responsáveis por cerca de 35% de toda a captura de carbono do país asiático.

“As atividades de florestamento descritas no artigo desempenharão um papel importante para atingir a meta de carbono zero da China até 2060″, afirmou Yi Liu, da Academia Chinesa de Ciências, em entrevista à BBC.

Comentários

Todos os campos abaixo são obrigatórios. Seu e-mail não será publicado.