Farmacêutica alemã Merck expandirá fabricação na China

Empresa anunciou orçamento de 100 milhões de euros ao longo de seis anos

Créditos: Reprodução/People.cn

A Merck assinou um acordo, na última semana, para expandir significativamente suas capacidades de fabricação na cidade de Wuxi, na Província de Jiangsu, no leste da China, informou a farmacêutica alemã.

A empresa investirá 100 milhões de euros ao longo de seis anos, expandindo seu atual local de produção em Wuxi para aumentar montagens de uso único da biofarmama e recursos de design personalizado, segundo o acordo assinado com a zona de alta tecnologia de Wuxi durante uma videoconferência.

O investimento deverá criar mil empregos e estar operacional até 2024, informou a empresa. “Nos próximos cinco anos, esperamos um forte crescimento no mercado de bioprocessamento, com a Ásia crescendo em cerca de 15% e a China acima de 20% ao ano, em média”, disse Marc Jaffre, diretor executivo do setor de negócios de Ciências da Vida da Merck na China. “Esse investimento estratégico apoiará a inovação biotecnológica na China.”

Wuxi vem desenvolvendo a biomedicina como sua “indústria de referência”, atraindo a AstraZeneca, a General Medicine, a Pfizer e mais de 1,2 mil empresas internacionais de biomedicina. Em 2021, a escala industrial da biomedicina em Wuxi atingiu 140,9 bilhões de yuans (US$ 21 bilhões), um aumento de 20% em relação ao ano anterior.

Comentários

Todos os campos abaixo são obrigatórios. Seu e-mail não será publicado.