Fábrica da Tesla em Xangai retoma produção

Empresa retornou com 8 mil funcionários até o momento

Créditos: Xinhua/Ding Ting

A fábrica da montadora norte-americana Tesla em Xangai retomou oficialmente a produção na terça-feira, com cerca de 8 mil funcionários até agora, disse a empresa.

Afetada pelo último ressurgimento da Covid-19, a gigafábrica suspendeu a produção por mais de 20 dias.

“Temos total confiança na economia da China”, disse Tao Lin, vice-presidente da Tesla. “A partir do atual processo de retomada da produção, vimos a capacidade do país de lidar com desafios e acreditamos que a normalidade voltará em breve.”

Tao informou que vários departamentos do governo trabalharam quase 24 horas por dia para ajudar as empresas a retomar a produção o mais rápido possível.

A fábrica precisará de três a quatro dias para aumentar sua produção gradualmente para a capacidade total, de acordo com Song Gang, diretor de fabricação e operação da fábrica. As empresas automobilísticas geralmente têm uma longa cadeia industrial e, portanto, têm requisitos mais elevados para a retomada colaborativa.

A Tesla disse que está promovendo ativamente a retomada da produção em mais de 100 fabricantes de peças com a ajuda dos departamentos governamentais relevantes.

Algumas províncias e cidades no Delta do Rio Yangtzé também apoiaram muito a retomada da produção de Tesla. A cidade de Taizhou, na vizinha Província de Jiangsu, ajudou as empresas locais da cadeia de suprimentos da Tesla na retomada de sua produção.

Todos os funcionários da fábrica terão que fazer um teste de antígeno e um teste de ácido nucleico todos os dias. A empresa assinalou que suas áreas de produção e escritório estão sujeitas a rigorosos procedimentos de desinfecção enquanto medidas de prevenção  estão sendo realizadas para garantir uma produção segura.

Comentários

Todos os campos abaixo são obrigatórios. Seu e-mail não será publicado.