Exposição internacional da Rota da Seda começa na cidade chinesa de Xi’an

Com enviados de 98 países e regiões, evento possui o tema “Interconexão, contribuição e benefícios compartilhados”

A Quinta Exposição Internacional da Rota da Seda foi inaugurada na terça-feira em Xi’an, capital da província de Shaanxi, no nordeste da China. Sob o tema “Interconexão, contribuição e benefícios compartilhados”, a exposição atrai mais de 1,9 mil enviados e convidados de 98 países e regiões, como Bélgica, República da Coreia, Tajiquistão e Zâmbia.

O vice-ministro Wang Shouwen revelou que o volume total do comércio entre a China e os países do Cinturão e Rota totalizou US$ 9,2 trilhões entre 2013 e 2020, enquanto o investimento combinado das empresas chinesas nessas nações chegou a 136 bilhões de dólares.

A iniciativa Cinturão e Rota, proposta pela China em 2013, visa construir redes e infraestruturas comerciais que conectem a Ásia com a Europa e além, seguindo as antigas rotas comerciais da Rota da Seda e buscando o desenvolvimento e a prosperidade comum de seus membros.

Comentários

Todos os campos abaixo são obrigatórios. Seu e-mail não será publicado.