Experimento com CoronaVac reduz 95% de mortes por Covid-19 em cidade brasileira

Jornal Wall Street Journal afirma que resultados mostram eficácia da imunização em massa contra o coronavírus

O jornal americano Wall Street Journal publicou uma matéria mostrando o sucesso do experimento realizado na cidade de Serrana, em São Paulo, que teve quase toda a sua população adulta vacinada com a CoronaVac.

Segundo o veículo, o número de mortes causadas pelo coronavírus diminuiu em 95%, demonstrando a eficácia da imunização em massa com a vacina chinesa da Sinovac.

Chamado de “Projeto S”, o experimento realizado pelo governo do estado de São Paulo realizou as duas doses da vacinação entre fevereiro e maio em 95% da população adulta que estava elegível para receber o imunizante.

Com cerca de 45 mil habitantes, o município for divido em 25 zonas, para que os pesquisadores controlassem a transmissão do vírus.

Além da queda no número de mortes, os casos sintomáticos diminuíram em 80% e os de hospitalizações relacionadas à doença abaixou em 86%. De acordo com o governador João Doria, os resultados mostram que será possível controlar a pandemia ao vacinar cerca de 75% da população.

O diretor do Instituto Butantan, Dimas Covas, anunciou nesta semana que o “Projeto S” foi o primeiro estudo controlado sobre a vacinação em massa contra a Covid-19. Os cientistas do instituto continuarão acompanhando os efeitos da CoronaVac pelo próximo ano, ele acrescentou.

Comentários

Todos os campos abaixo são obrigatórios. Seu e-mail não será publicado.