Exame nacional de entrada em universidades chinesas é adiado

Cerca de 10 milhões de candidatos serão avaliados neste ano

Devido à epidemia de COVID-19, o Ministério da Educação decidiu adiar por um mês o exame nacional de entrada em universidades da China. Também conhecida como Gaokao, a prova foi remarcada para os dias 7 e 8 de julho. Cerca de 10,71 milhões de candidatos serão examinados neste ano.

“O ministério tomou a decisão em consideração à segurança de examinados e pessoal relacionado”, disse Wang Hui, funcionário do pasta. “Adiar o exame por um mês reduzirá os riscos”, destacou.

Wang também salientou que o adiamento garantiria a equidade a todos os examinados, uma vez que o surto teve um impacto maior nos estudantes das áreas rurais. “A diferença na condição de estudo online entre áreas urbanas e rurais coloca os estudantes rurais em desvantagem”, ressaltou, observando que um mês extra permitirá uma melhor preparação para o exame.

Comentários

Todos os campos abaixo são obrigatórios. Seu e-mail não será publicado.