EUA representam maior ameaça nuclear ao mundo, diz porta-voz chinês

Porta-voz do Ministério da Defesa Nacional refutou declarações de oficiais militares sobre “comportamentos de bullying”

Créditos: Xinhua/Liu Jie

Wu Qian, porta-voz do Ministério da Defesa Nacional da China, refutou as declarações de oficiais militares para exaltar a chamada “ameaça nuclear” e “comportamentos de bullying” do país, dizendo que os Estados Unidos são a maior ameaça nuclear à comunidade internacional e aquele que mina a ordem internacional baseada em regras.

O porta-voz destacou que os oficiais norte-americanos ignoram os fatos e se envolvem em especulações infundadas com o objetivo de justificar o desenvolvimento das próprias forças nucleares dos Estados Unidos, bem como manter e fortalecer sua hegemonia global. “É do conhecimento de todos que os EUA têm o maior arsenal nuclear no mundo”, apontou Wu.

Para garantir sua segurança absoluta e superioridade militar, os Estados Unidos se retiraram de vários tratados internacionais sobre controle de armas e não proliferação, impulsionaram consistentemente a implantação de sistemas antimísseis em todo o mundo, procuraram implantar mísseis de alcance intermediário baseados em terra na Europa e na Ásia-Pacífico e formaram “grupos” semelhantes à Guerra Fria por vários meios, de acordo com o porta-voz.

Tais medidas aumentaram o risco de confronto nuclear ou mesmo de uma guerra nuclear, representando uma grave ameaça à segurança internacional, acrescentou ele.

Comentários

Todos os campos abaixo são obrigatórios. Seu e-mail não será publicado.