EUA fica atrás de Rússia e China na ajuda às nações em dificuldades no combate à Covid-19

Rede CBS revelou que país não exportou nenhuma dose de vacina até agora

Os Estados Unidos não exportaram até agora nenhuma vacina contra o novo coronavírus para outros países em extrema necessidade, ficando atrás da Rússia e da China na resposta global à pandemia da Covid-19, noticiou a Rede CBS na terça-feira.

“Os Estados Unidos encomendaram vacinas suficientes para inocular sua população duas vezes, enquanto muitos outros países ainda estão lutando para garanti-las”, revelou a CBS, acrescentando que muitas nações que estão lutando para obter vacinas “recorreram a outras potências mundiais como a China e a Rússia para assegurarem as doses”.

Com cerca de 4% da população mundial, os Estados Unidos já acumularam cerca de 2,6 bilhões de doses de vacinas, um quarto do total global.

O presidente dos EUA, Joe Biden, anunciou na segunda-feira que seu país enviará 20 milhões de doses de vacinas contra COVID-19 para outros países. Isso se soma às 60 milhões de doses da AstraZeneca que Washington prometeu enviar até julho.

Comentários

Todos os campos abaixo são obrigatórios. Seu e-mail não será publicado.