EUA devem suspender tarifas impostas à China para combater inflação, diz especialista

“Estados Unidos e a China entraram em uma guerra comercial”, observou professor da Columbia Business School

Créditos: Ting Shen/Xinhua

O governo Biden deve considerar suspender as tarifas e acabar com a guerra comercial com a China para combater a atual inflação em alta, segundo um artigo de opinião do Financial Times divulgado na quarta-feira.

Em meio aos esforços para reduzir a inflação, o presidente Joe Biden não mencionou a remoção das altas tarifas sobre as importações chinesas impostas pelo governo Trump, escreveu no jornal Amit Khandelwal, professor Chazen de Negócios Globais na Columbia Business School.

Em 2018 e 2019, os Estados Unidos e a China entraram em uma guerra comercial, observou Khandelwal, acrescentando que quando os produtores dos EUA estavam lucrando com tarifas mais altas, os consumidores, pelo contrário, foram prejudicados.

A China também impôs tarifas retaliatórias sobre as exportações dos EUA, que compensam os benefícios de proteção aos produtores e aumentam as exportações para outros países, mas não para os Estados Unidos, explicou Khandelwal.

Khandelwal salientou que impor tarifas não é uma maneira eficaz de impulsionar a manufatura, mas que retirá-las irá reduzir os preços para os consumidores dos EUA. “Acabar com a guerra comercial é a política mais imediata e eficaz na missão de Biden de trazer alívio aos consumidores americanos”, concluiu.

Comentários

Todos os campos abaixo são obrigatórios. Seu e-mail não será publicado.