Estudo mostra que pandas consomem nutrientes semelhantes aos dos carnívoros

Apesar de a dieta do animal ser basicamente constituída por bambus, 50% da ingestão calórica dos pandas é constituída por proteínas

Um estudo feito em parceria por pesquisadores chineses e australianos mostrou que, mesmo se alimentando quase exclusivamente de bambu, os nutrientes que os pandas gigantes consomem e absorvem se assemelham muito aos dos carnívoros. Conduzido pela Academia Chinesa de Ciências (ACC) e pela Universidade de Sydney (UoS), ele mostra que 50% da ingestão calórica dos pandas é proteica, número que se assemelha ao dos lobos e gatos selvagens.

Os pesquisadores empregaram um método chamado geometria nutricional, que considera como os nutrientes e os componentes dietéticos se misturam, em vez de concentrar apenas em um nutriente em isolamento. David Raubenheimer, professor da UoS, explicou que “este estudo demonstra a importância de considerar tanto os alimentos como os nutrientes no entendimento da ecologia evolucionária dos animais, exatamente o que a geometria nutricional é projetada para fazer”.

As descobertas ajudam a mostrar como os pandas gigantes evoluíram de seus ancestrais carnívoros para os vegetarianos comedores de bambu de hoje e podem explicar por que eles têm uma mistura estranha de características herbívoras e carnívoras, segundo Raubenheimer.

Com o passar do tempo, os pandas gigantes desenvolveram um crânio, osso maxilar e dentes, idealmente adaptados para mastigar materiais fibrosos de planta, assim como um “pseudo dedo polegar” com o que agarram os talos enquanto eles comem. Seu trato digestivo, enzimas digestivas e micróbios de intestino, no entanto, se assemelham aos dos carnívoros, não com dos herbívoros.

“Com base em que eles comem, os pandas gigantes absolutamente pertencem aos herbívoros. Mas, considerando a composição de macronutrientes das dietas ingeridas e absorvidas, eles podem também pertencer aos carnívoros”, disse o coautor do estudo, Fuwen Wei, da ACC.

Comentários

Todos os campos abaixo são obrigatórios. Seu e-mail não será publicado.