Estudantes internacionais buscam oportunidades na China após graduação

Relatório foi divulgado pela New York University de Xangai

(Créditos: Xinhua/Liu Ying)

As perspectivas de desenvolvimento da China estão se tornando cada vez mais atraentes para os estudantes internacionais, uma vez que muitos optam por procurar oportunidades no país após a graduação, segundo um relatório divulgado pela New York University de Xangai.

Entre os 130 estudantes internacionais da turma de 2021, 17 escolheram prosseguir seus estudos ou trabalhar na China após a graduação, elevando para 70 o número total dos graduados internacionais que optaram por permanecer no país asiático desde o seu estabelecimento, aponta o levantamento.

Dentre esses alunos, alguns optaram por continuar seus estudos em instituições como a Universidade de Pequim ou Universidade Tsinghua, enquanto outros ingressaram em empresas renomadas como a Disney Resort de Xangai  ou expressaram interesse nas empresas de tecnologia chinesas.

“Eu queria construir o meu futuro aqui”, disse John Christopher Dopp, um estudante americano que encontrou um emprego em uma empresa de desenvolvimento de aplicativos. “Acho que as carreiras na China para os estudantes internacionais são excelentes”, afirmou ele.

A NYU Xangai, co-fundada pela Universidade de Nova York (NYU) e pela East China Normal University em 2012, é um programa piloto de cooperação educacional China-EUA. A universidade já registrou 582 estudantes internacionais.

Deixe um comentário para Carlos Eduardo Dantas Alves Cancelar resposta

Todos os campos abaixo são obrigatórios. Seu e-mail não será publicado.


  • Carlos Eduardo Dantas Alves disse:

    Não fosse pela situação do Covid-19, eu também teria optado permanecer na China. Segurança, organização, oportunidades erma o que meus amigos estrangeiros sempre me diziam sobre a China.
    Um amigo chinês, uma vez me disse: “Carlos, no Brasil você estará em contato com brasileiros. Equanto que, na China, você estará em contato com o mundo.”