Estado do Alagoas busca novas oportunidades com empresas chinesas

O governo do estado foi a Xangai realizar um fórum para apresentar aos chineses as oportunidades geradas pelo BRICS

Pensando na 11ª cúpula do BRICS, que acontecerá no Brasil em novembro, o estado do Alagoas realizou na última semana, ao lado do Centro de Promoção de Investimento Estrangeiro de Xangai, um fórum empresarial para que as novas companhias chinesas aproveitem as oportunidades geradas pelo BRICS.

“O Brasil e a China ficam longe geograficamente, mas as trocas econômicas e comerciais estão cada vez mais estreitas. Acredito que a 11ª cúpula de líderes dos países do BRICS atrairá mais empresas chinesas a seguir com interesse o Brasil, e não podemos perder essa importante oportunidade de cooperação”, disse o governador do Alagoas, José Renan Calheiros Filho.

O Alagoas é um dos menores estados do Brasil, mas tem ricos recursos, vantagens regionais superiores e população diversificada. Nesta viagem, o governo do Alagoas vai realizar atividades de promoção em Pequim e em Xangai, mostrando o crescente entusiasmo do governo do Brasil de cooperar com a China. No fórum empresarial, o governo estadual apresentou aos investidores chineses a infraestrutura aeroportuária, ferroviária, portuária e de pontes, além de projetos de investimento em geração de energia solar, criação bovina e outros setores.

O cônsul-geral do Brasil em Xangai, Gilberto Fonseca Guimarães de Moura, observou que, por meio da 11ª cúpula do BRICS, outros estados podem seguir o Alagoas e oferecer mais produtos de alta qualidade e serviços profissionais a mais empresas chinesas que vão para o Brasil em busca de cooperação.

Segundo ele, durante a 11ª cúpula do BRICS, o Novo Banco de Desenvolvimento, também conhecido como Banco do BRICS e sediado em Xangai, abrirá sua filial na América. Com isso, as atividades econômicas e comerciais das empresas do BRICS na região com foco no Brasil receberão apoio financeiro mais forte.

Comentários

Todos os campos abaixo são obrigatórios. Seu e-mail não será publicado.