Especialista diz que Iniciativa Cinturão e Rota beneficia a Alemanha

O Dr. Michael Borchmann afirmou que a população e a mídia alemã precisam entender melhor a iniciativa chinesa e estudar os resultados dela

Uma melhor compreensão da Iniciativa Cinturão e Rota, proposta pela China, deverá trazer benefícios para a Alemanha e a todos os envolvidos, pelo que afirmou o Dr. Michael Borchmann, especialista em assuntos internacionais e ex-diretor geral do Departamento de Assuntos Internacionais do Estado de Hesse, em entrevista à Xinhua.

Chamando a Iniciativa do Cinturão e Rota de “programa global em um tempo abalado por guerras e crises”, ele disse que a economia mundial está “tão intimamente ligada” que o impacto das disputas comerciais iniciadas pelos EUA e o crescente protecionismo podem ser sentidos na Alemanha. Na entrevista, Borchmann apelou à China e à Alemanha, ambos defensores do globalismo e do livre comércio, para trabalharem mais juntos.

Borchmann também observou que a mídia alemã já vem usando páginas para cobrir a Iniciativa do Cinturão e Rota e mostrando muito mais interesse na iniciativa, no entanto, o conteúdo às vezes tende a se concentrar nos riscos e perigos. “O público está repleto de avisos sobre supostos perigos que ameaçariam o projeto”, disse, acrescentando que as pessoas deveriam entender melhor a iniciativa e estudar muito mais de perto os resultados existentes.

Em sua opinião, as pessoas podem aprender com a forma como a prosperidade é alcançada em alguns municípios alemães, como Duisburg: “Uma cidade que sofre muito devido à mudança estrutural industrial, mas agora pode olhar para o futuro com muito mais otimismo por causa da nova Rota da Seda”, explicou Borchmann.

Situada no coração da Europa, Duisburg foi um centro da indústria pesada na região do Ruhr em seu apogeu, mas depois teve dificuldades econômicas. Atualmente, o serviço de frete China Railway Express percorre regularmente a cidade, e Duisburg está em franca expansão, com terminais de transporte no lugar das siderúrgicas, e aspirando se tornar um importante centro logístico na Europa Ocidental.

Comentários

Todos os campos abaixo são obrigatórios. Seu e-mail não será publicado.