Escolas chinesas já planejam volta às aulas

Províncias que não registraram novos casos de coronavírus estabelecem datas para reabertura de colégios

Em um sinal de que partes da China estão voltando ao normal após surto do novo coronavírus, escolas de províncias que não registram novos casos há mais de quinze dias começam a estabelecer datas para a volta às aulas.

Qinghai, uma província do noroeste chinês que não relatou novas infecções nos últimos 29 dias, disse que definirá a data de início do ano letivo para entre 11 e 20 de março, de acordo com aviso publicado em um site oficial na sexta-feira.

A província de Guizhou, no sudoeste do país, não tem novos casos há 18 dias. No fim de fevereiro, representantes da região informaram que as aulas retornarão a partir de 16 de março.

Hubei – com exceção da capital Wuhan – não registrou novos enfermos com coronavírus por 24 horas pela primeira vez desde o início do surto, no ano passado.

Comentários

Todos os campos abaixo são obrigatórios. Seu e-mail não será publicado.