Equipe da OMS termina quarentena em Wuhan e vai a campo

Os cientistas estudam a origem do novo coronavírus

Um grupo internacional de pesquisadores liderado pela Organização Mundial da Saúde (OMS) saiu da quarentena de duas semanas em um hotel de Wuhan e começou o trabalho de campo na última semana. Os cientistas estudam a origem do novo coronavírus.

A OMS não deu detalhes sobre o cronograma da missão, mas o líder da equipe, Peter Ben Embarek, disse, em novembro, que o grupo deveria ir ao mercado de frutos do mar de Huanan, onde se detectou o primeiro foco de casos da doença.

Segundo o chefe de emergências Mike Ryan, não há garantias de que os pesquisadores vão descobrir o marco zero da Covid-19. “É uma tarefa difícil estabelecer as origens, e às vezes se pode precisar de duas, três ou quatro tentativas para se conseguir fazer isso em situações diferentes”, comentou.

Os pesquisadores devem ficar na China por mais duas semanas.

Comentários

Todos os campos abaixo são obrigatórios. Seu e-mail não será publicado.